BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA

 

topo da página institucionalOnde hoje está nossa grandiosa e bonita igreja havia no início do século XX uma simples capela, denominada Capela de Santa Cruz. Em 1º de abril de 1916 essa capela foi entregue pelo então Arcebispo de São Paulo Dom Duarte Leopoldo e Silva aos Padres Agostinianos Recoletos que, em 19 de fevereiro de 1899 desembarcaram no porto de Santos, iniciando suas atividades no Brasil na região do Triângulo Mineiro e, a seguir, em São Paulo na região da Lapa. No dia 19 de abril de 1917 foi instalada canonicamente a nova paróquia recebendo o nome de Nossa Senhora da Saúde, tendo como primeiro Pároco o Frei Casto Delgado, que tomou posse em 29 de abril.

A capela era de pequenas dimensões e os religiosos perceberam logo a necessidade de erguerem um templo novo. Em 4 de maio de 1928 foi colocada e abençoada a primeira pedra fundamental da atual igreja. A construção prosseguiu nos anos seguintes e, depois de muito trabalho e ajuda financeira oferecidos pelos fiéis e pela Ordem dos Agostinianos Recoletos, finalmente, no dia 7 de junho de 1935, foi aberta ao culto com a bênção do Sr. Bispo Dom José Gaspar Afonseca e Silva. Os serviços de acabamento feitos com todo os requintes da arte da pintura e escultura prosseguiram nos anos seguintes. Em 1959 foi colocado o altar-mor e terminado o restante do presbitério.

 

CARACTERÍSTICAS DO TEMPLO

Templo: Com dimensões de 65m x 16m, não tem estilo definido, é uma mistura de estilos. É riquíssima em detalhes de anjos, figuras bíblicas, vitrais, símbolos e santos agostinianos.

Torre: Mede 70m de altura. Alguém a catalogou como sendo de estilo “quinhentista”. Existe uma similar em Granada, Espanha. Em ambos os lados da torre vislumbramos as estátuas dos evangelistas Lucas e Mateus.

Sinos: São dois e estão localizados no segundo patamar da torre desde a sua construção. Soam automaticamente ao meio-dia e às 18 horas. Repicam em dias festivos, acionados por controle remoto, anunciando aos fiéis as celebrações litúrgicas.

Altar: O altar-mor possui um belíssimo Sacrário e baldaquino. No centro, ao alto, a imagem de Nossa Senhora da Saúde; ao lado, Santo Agostinho, Santa Mônica, Santo Tomás de Vilanova e Santa Isabel de Portugal.

As imagens de São Pedro e São Paulo, localizadas nas laterais do presbitério, são consideradas as “colunas da igreja”.

Altares laterais: Dedicados ao Sagrado Coração de Jesus, Santo Nicolau de Tolentino, Santo Antonio, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora da Consolação, Santa Rita, Santa Inês e São José.

No fundo, dois pequenos altares: Mistério da Cruz no Calvário e Nossa Senhora Aparecida.

O templo, declarado pela Secretaria de Esporte e Turismo como ponto turístico da cidade de São Paulo, sendo governador o Dr. Paulo Egídio Martins, tem sido restaurado nestes últimos anos, devolvendo a beleza do seu interior e exterior.